O amanhã será um novo dia ou apenas mais um dia?

A pergunta é reflexiva e nesta diferença de percepção queremos ver as
empresas, empresários e equipes. Percepção esta que engaja o ser
consigo mesmo, com seus valores, com seu propósito, conectando-o
aos seus pares na aldeia global e local e o sintoniza com sua satisfação
e lucros internos (o maior dos ganhos, em épocas de recomposição
mundial). Nunca um novo ano foi tão esperado, então aos aos
sobreviventes resta desejar mais obediência à Palavra de Deus!

E como perceber?

Obter esta percepção avançada requer antes de mais nada um auto
estudo, fazer um resgate histórico das raízes, abrir o baú, desenterrar e
expurgar os esqueletos do passado e só reter o melhor, pois, assim,
buscando soluções pessoais, o ser humano pode transformar
lembranças acalentadoras num bom futuro.
A rota do futuro é ‘crescer’, dizem, mas muitos acelerados, na verdade
apenas incharam, em tamanho e sentimentos. Então, é preciso
esvaziar, ‘desinchar’, aliviar o peso das memórias, alinhar o pensamento
no rumo certo, redefinir o alvo, não após uma crise mas após um
encontro consigo mesmo, com sua personalidade identificada, tratada,
preparada, aceita, dedicada, disposta a construir o seu melhor a partir
de HOJE! É assim que conseguimos ver e entender que a autogestão é
a cerne decisória, pois o seu negócio começa com você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *